quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Didática - José Carlos Libâneo. Resumo do capítulo 1


Prática Educativa, Pedagogia e Didática.


Prática educativa e sociedade.


A prática educativa é essencial para o desenvolvimento de uma sociedade e o docente faz parte desse processo o educativo.  É através da educação que o indivíduo é influenciado pelo meio social e tornam-se capazes de estabelecer relações com a sociedade.
De forma ampla a educação compreende os processos formativos sociais variando conforme a organização política, legal, religiosa, e os costumes de uma sociedade. De forma estrita a educação ocorre em instituições escolares ou não, com finalidades de instrução e ensino.
As influências educativas podem ser caracterizadas como não-intencional, são aquelas geradas pela influência do meio ambiente sobre os indivíduos. Correspondentes ao processo de aquisição de valores que não estão ligados a ação de uma instituição. E a educação intencional que são as influências estabelecidas pela educação escolar, onde há métodos e técnicas de se provocar as idéias.
 Essas formas de educação estão subordinadas as relações entre classes sociais, por isso a educação é socialmente determinada. A classe social trabalhadora, que tem restrito o acesso à educação, sofre com a alienação econômica. Já a classe social dominante dispõe de meios de difundir a sua própria concepção do mundo, suas idéias influenciam a sociedade capitalista.
 Portanto, a prática educativa é parte complementar das relações existentes na sociedade e o professor precisa entender os interesses de toda a ordem. Cabe ao educador, contribuir para a formação de cidadãos críticos capazes de transformar a sociedade em que vivem.

Educação, instrução e ensino.
                                             
A educação é responsável pela formação de caráter, pelo desenvolvimento da personalidade social. Resultando na criação de convicções ideológicas, morais e políticas, neste sentido a educação torna-se instituição social que cuida da educação do pais; é produto por ser resultado da ação educativa; é processo por consistir de transformações sucessivas no sentido histórico e no desenvolvimento da personalidade.
A instrução corresponde à formação intelectual e o ensino corresponde condições para a realização da instrução.
  Há uma relação de sujeição entre a instrução e a educação. A instrução tem resultados formativos quando converge para o objetivo educativo. Esses dois processos são diferentes, mas há uma unidade entre elas, pode-se instruir sem educar e educar sem instruir.

Educação escolar, Pedagogia e Didática.

A educação escolar constitui-se num sistema de instrução e ensino com propósitos intencionais, organização e práticas sistematizadas. É pela educação escolar que os conhecimentos são democratizados. O processo educativo está condicionado pelas relações sociais.
 A prática da educação escolar é assegurada pela pedagogia. A pedagogia é um campo de conhecimento que investiga a natureza das finalidades da educação numa determinada sociedade, bem como os meios apropriados para a formação dos indivíduos, preparando-os para a vida social. Como ciência a pedagogia estuda a educação, a instrução e o ensino.
 A Didática é o principal ramo de estudo da Pedagogia. Ela investiga os fundamentos, modos e condições de realização da instrução de ensino. Ela converte os objetivos sócio-políticos e pedagógicos em objetivos de ensino.
Há uma ligação estreita entre a didática e os demais campos do conhecimento pedagógico. Com base nesses vínculos com a pedagogia, à didática generaliza para todas as matérias o que é comum no processo educativo.


A Didática e a formação profissional do professor.

A formação do professor compreende a formação acadêmica, chamada de teório-científica e a formação técnico-prática, que esta relacionada com a preparação profissional para a docência. A didática se caracteriza como mediação entre bases teórico-científicas da educação escolar e a prática docente.
A didática descreve e explica os nexos, relações e ligações entre o ensino e a aprendizagem, ela investiga os fatores co-determinantes desses processos, é uma matéria de estudo que integra e articula conhecimentos teóricos e práticos, provendo que é comum, básico e indispensável para o ensino de todas as demais disciplinas.

4 comentários:

  1. Parabéns Ana Lúcia e Camila Silva!!!
    Vocês estão bem ativas e participativas!!!
    Excelente!!!
    A síntese está bem objetivo.

    Só não podem esquecer que a prática do professor deve ser com: ação consciente, intencional e planejada para a formação humana.
    Para tanto ele deve articular: os objetivos do ensino, os conteúdos e os métodos.

    Viram estes detalhes? Acrescente a sua síntese.
    Renilze Ferreira (Profª Didática - 2011.2)

    ResponderExcluir
  2. Confira o endereço do blog da turma:
    http://fafirebiologia20112.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Mudado o endereço do blog, agora é este:

    http://fafirebiologiadidatica20112.blogspot.com/

    ResponderExcluir